Confira as atividades do mês!

A visita ao Museu da Vida está cheia de atrações que oferecem muita ciência, diversão e reflexão! Então, que tal aproveitar o período das férias de julho com a gente? Há várias atividades aguardando sua visita e, para quem gosta de natureza, há uma área verde incrível para apreciar. Entre 17 e 31 de julho, o agendamento de visitas não é necessário. Lembramos a todos que, entre 26 e 28 de julho, o Museu da Vida não abrirá devido ao Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva (Abrascão) que ocorrerá na Fiocruz.

O museu conta com estacionamento para ônibus e automóveis; não dispõe de guarda-volumes. Ah, venha sempre com um documento com foto para apresentar na portaria da Fiocruz, beleza? A entrada é gratuita, assim como todas as nossas atividades.​ ;)

Horário de visitação: terça a sexta, das 9h às 16h30 | sábados, das 10h às 16h 

 

Confira a programação:

Exposição SaudávelMente

Idade: a partir de 12 anos
Temporada: de junho a setembro, no Salão de exposições temporárias
Terça a sexta, das 9h às 16h30 | Sábados, das 10h às 16h

Você sabia que o câncer é a segunda maior causa de morte no Brasil, perdendo apenas para doenças cardiovasculares? Felizmente, os avanços nos tratamentos evoluíram de forma significativa, e as técnicas de diagnóstico estão a cada dia mais precisas. Além disso, sabe-se hoje que a adoção de hábitos saudáveis pode evitar 30% dos casos de câncer. A exposição procura mostrar ao público, sobretudo aos jovens, que os cuidados com o corpo devem começar desde cedo e dentro de casa. Hábitos simples como alimentação saudável, atividades físicas, lazer, sexo com camisinha e filtro solar bem aplicado são alguns exemplos que podem contribuir para evitar doenças no futuro. Venha conferir a exposição SaudávelMente, no salão de exposições temporárias, a partir de 12 junho! A mostra conta com recursos de acessibilidade voltados aos públicos cego e surdo.
 

Último mês da peça teatral "A vida de Galileu"
Até julho de 2018 | Local: Tenda da Ciência


Faixa etária: a partir de 13 anos
Terças e quintas: dias 03, 05, 10, 12, 17, 19, 24 e 31 de julho, às 10h30 e 13h30
A atividade é realizada com, pelo menos, 10 participantes na faixa etária indicativa.

Um homem que adorava observar o céu, desafiou a Igreja Católica e acabou enfrentando a Santa Inquisição. Baseada no texto “A vida de Galileu”, do dramaturgo Bertolt Brecht, a peça, que estreou no Museu da Vida em 2016, entra em sua última temporada! Matemático, astrônomo e físico italiano nascido em 1564, Galileu construiu um telescópio em 1609 com mais capacidade do que os que existiam à época, decidido a explorar aspectos desconhecidos do Universo. Manchas solares e os satélites de Júpiter são algumas de suas descobertas. Galileu defendeu a teoria heliocêntrica de Copérnico, segundo a qual o Sol é o centro do Universo e não a Terra, o que o fez ser perseguido pela Igreja Católica. Para fugir da fogueira, teve que negar aquilo em que acreditava.

 

(Foto: Raquel Portugal)

Mostra Insetos ilustrados
Local: Castelo Mourisco

Idade: a partir de 5 anos
Temporada: até 31 de julho
De terça a sexta, das 9h às 16h30 | Sábados, das 10h às 16h

Quase toda criança gosta de desenhar. E muito cientista também! Para os pesquisadores que estudam a natureza, o desenho é uma ferramenta valiosa de trabalho. Ele permite representar, com muitos detalhes, animais e plantas, por exemplo. A ilustração científica e a entomologia são tema desta exposição da Fiocruz e da Folguedo, em parceria com o Museu da Vida e outras unidades da Fundação. A mostra conta com áudiodescrição, vídeos e painéis na Língua Brasileira de Sinais e, mediante agendamento no número (21) 2590-6747, visita guiada com intérprete de Libras. 


Exposição "ABC e Saúde"
Local: Sala 307 do Castelo Mourisco

Idade: Livre
De terça a sexta, das 9h às 16h30 | Sábados, das 10h às 16h


Já parou para pensar quais eram as estratégias de educação sanitária no Brasil em meados do século XX? É possível conhecer uma delas na nova exposição "ABC e Saúde - As cartilhas do Serviço Nacional de Educação Sanitária". A mostra contextualiza uma série de cartilhas do Serviço Nacional de Educação Sanitária (SNES), publicadas nas décadas de 1940, 1950 e 1960, que eram distribuídas em escolas e para o público em geral. Sempre abordando um tema ligado à saúde pública, as cartilhas traziam ilustrações divertidas e textos rimados para divulgar orientações sobre prevenção de doenças.
 

Visita ao Castelo da Fiocruz
Local: Castelo Mourisco

Idade: livre
De terça a sexta: 9h, 10h30, 12h30, 13h30 e 15h 
Aos sábados: 10h10, 11h, 11h50, 12h40, 13h30, 14h20 e 15h10

Joia da arquitetura eclética brasileira, o Castelo Mourisco é a principal edificação do núcleo histórico e arquitetônico de Manguinhos. Este senhor centenário é tombado como patrimônio histórico nacional! Ao visitá-lo, fatos, fotos e documentos históricos revelam curiosidades de sua construção. Neste espaço de visitação, o público também pode contemplar a arquitetura em estilo neomourisco, a beleza dos azulejos portugueses e os mosaicos inspirados em tapeçaria árabe.
 

A Biblioteca de Obras Raras, que sempre impressiona por sua arquitetura, já acolheu muitas reuniões de estudo e de pesquisa! (Imagem: Acervo COC)

Visita à Biblioteca de Obras Raras no Castelo
Local: Castelo Mourisco

Idade: livre
De terça a sexta: 9h, 10h, 11h, 13h30, 14h30 e 15h30

Em 1909, o livreiro holandês Assuerus H. Overmeer foi contratado por Oswaldo Cruz para organizar a Biblioteca de Manguinhos, atualmente Biblioteca de Ciências Biomédicas e uma das maiores bibliotecas especializadas da América Latina. Inspirada na linguagem neomourisca do Palácio de Alhambra, localizado na cidade de Granada, Espanha, a Biblioteca apresenta detalhes construtivos e decorativos que poderão ser conferidos pelos visitantes.

 

Que tal um passeio pelo borboletário para descobrir e se encantar pelas graciosas habitantes do espaço? (Foto: Peter Ilicciev)

Borboletário Fiocruz 
Local: área externa da Tenda da Ciência

Idade: a partir de 5 anos
De terça a sexta, das 9h às 16h30 | Aos sábados, das 10h às 16h 

O espaço é ornamentado por plantas e habitado por quatro espécies de borboletas do continente americano: olho-de-coruja (Caligo illioneus), ponto-de-laranja (Anteos menippe), borboleta-brancão (Ascia monuste) e Julia (Dryas iulia). Durante a visita, o público mergulha no universo das borboletas e descobre detalhes sobre seu ciclo de vida, hábitos alimentares, o segredo por trás de suas variadas cores, táticas e estratégias de sobrevivência, entre outros fatos adoráveis! 


Parque da Ciência

Idade: livre
De terça a sexta, das 9h às 16h30 | Aos sábados, das 10h às 16h

Célula gigante, Jardim dos Códigos (na foto), Espelhos sonoros e Tubos musicais são alguns dos equipamentos que você encontra na Parque da Ciência.

Escalar uma célula gigante? Criar luz sem energia elétrica? Entender o funcionamento do olho humano? Tudo isso é possível no Parque da Ciência, que conta com uma grande área aberta, na qual estão espalhados vários equipamentos. As instalações do Parque estão organizadas em três temas principais: Energia, Comunicação e Organização da Vida.  

 

Pirâmide

Idade: livre
De terça a sexta, das 9h às 16h30 | Aos sábados, das 10h às 16h

Bem próxima ao Parque da Ciência, a Pirâmide tem esse nome porque, olha só, o telhado se parece com uma pirâmide! Lá dentro, é possível conferir várias atividades: uma câmara escura, onde os visitantes podem observar um modelo de olho humano gigante, sala de informática, salão de jogos e experimentos científicos com atrações que falam sobre as vidas micro e macroscópica. Para conhecer as atividades oferecidas dentro da Pirâmide de terça a sexta, bem como horários, ligue para o número (21) 2590-6747.

Personagens que moram dentro de um avental cheio de história para contar: assim é a atividade "Avental de história". Vamos sentar, ouvir e participar? ;)

 

Avental de história
Local: Castelo Mourisco

Idade: 5 a 8 anos
Às terças 
Consultar horário no telefone (21) 2590-6747
A atividade é realizada com, pelo menos, 10 participantes na faixa etária indicativa.

Apresentação de uma história especialmente criada para o público infantil sobre a personalidade de Oswaldo Cruz e a sua ideia de construir o Castelo. A atividade utiliza como recurso um avental artesanal de tecido colorido, que funciona como cenário para os personagens da história.

 

Aventuras da visão
Local: No Epidauro
 
Idade: a partir de 9 anos
Quartas e sextas
Consultar horário no telefone (21) 2590-6747

Os visitantes irão observar luzes e cores, descobrir os segredos do arco-íris e desvendar como olhos e cérebro trabalham no processo da visão.

 

Brinquedos com sucatas
Local: Epidauro

Idade: 5 a 10 anos
Às terças
Consultar horário no telefone (21) 2590-6747
A atividade é realizada com, pelo menos, 10 participantes na faixa etária indicativa.

A partir do poema "Quadrilha da sujeira", vamos conversar sobre lixo, brincadeiras, a nossa saúde e a saúde do planeta. Descubra como você pode se divertir usando a sua criatividade para produzir o seu próprio brinquedo com materiais que iriam parar no lixo!

 

Os detalhes de um desenho também contam muitas histórias. Se você curte desenhar, essa atividade é para você!

Desenho científico
Local: Epidauro 

Idade: a partir de 12 anos
Quartas e sextas
Consultar horário no telefone (21) 2590-6747
A atividade é realizada com, pelo menos, 10 participantes na faixa etária indicativa.

Arte, ciência e muita técnica! Você já ouviu falar em ilustração científica? O Museu da Vida convida seus visitantes a desvendar esta técnica antiga que surgiu durante o Renascimento nos séculos XVI e XVII. Venha ser um ilustrador científico!

 

O segredo das cores
Local: Ciência em Cena

Idade: 5 a 10 anos
Às quintas
Consultar horário no telefone (21) 2590-6747
A atividade é realizada com, pelo menos, 10 participantes na faixa etária indicativa.

A atividade começa a partir do livro de Ruth Rocha “Nicolau tinha uma ideia”. Nele, é abordado o conceito de construção de ideias e como elas causam impacto no mundo em que vivemos. Após uma sessão de contação de histórias, o público poderá desenhar ideias com lápis de cores que, na presença de filtros, desaparecem.

 

O Museu da Vida fica na avenida Brasil, nº 4365, no campus Manguinhos da Fiocruz. Para mais informações, ligue para (21) 2590-6747 ou envie um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..



Atualizado em 17/07/2018

Imprimir