Ir para o conteúdo
Montagem feita pela nossa mediadora Fernanda França, em homenagem a ambos, que estão juntos na última foto inferior à direita.

É com muita tristeza que a Casa de Oswaldo Cruz e o Museu da Vida lamentam a morte dos jovens Loloano Claudionor da Silva e Marcelle Araújo Bessa do Nascimento, bolsistas do Museu da Vida. Loloano trabalhava no Núcleo de Estudos de Público e de Avaliação em Museus, no Planetário do Ciência Móvel e também participava de viagens do museu itinerante. Marcelle foi bolsista do Borboletário Fiocruz, era mediadora do Ciência Móvel e trabalhava na equipe do Ciência em Cena.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, ambos estavam dentro de um carro, distante cerca de 25 km da cidade mineira de Barbacena, quando o veículo despencou de uma ponte e caiu no rio, no dia 2. Os dois jovens eram brilhantes divulgadores da ciência, apaixonados por suas áreas e trabalhavam com muito carinho, amor e dedicação no atendimento ao público visitante do Museu da Vida e em ações extramuros.

(Imagem: Paulo Colonese)

Loloano havia acabado de ingressar no Programa de Pós-Graduação em Divulgação da Ciência, Tecnologia e Saúde da Casa de Oswaldo Cruz e ia começar o mestrado na área a partir de março deste ano. No Planetário do Ciência Móvel, Loloano sempre despertava o interesse de crianças, jovens e adultos em suas mediações, contando histórias sobre constelações, galáxias e os segredos do universo. Em dezembro de 2018, foi uma das primeiras pessoas a celebrar o reconhecimento da Sociedade Astronômica Brasileira para o Planetário do MV. Loloano também coordenava diversas atividades de astronomia pela cidade do Rio.

(Imagem: Paulo Colonese)

No Borboletário, Marcelle trabalhou em conjunto com outros profissionais do Museu da Vida e foi, junto com outras pessoas, autora de um trabalho apresentado em um congresso científico em 2017: "Desafios da mediação no Borboletário: reflexão e análise". Por amigos e familiares, Marcelle era conhecida por seu carinho, alegria e dedicação ao trabalho, aos estudos e à área da divulgação científica. A jovem também era mediadora voluntária no Espaço Ciência Viva, centro interativo de ciência localizado na Tijuca.

A equipe do Museu da Vida está preparando uma homenagem para ambos e divulgará mais informações em breve. Prestamos nossa solidariedade a todos os parentes e amigos de dentro e fora do Museu da Vida que, sem dúvidas, sentirão muita saudade.

 

Publicado em 3/1/2019

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento terça a sexta-feira: 9-16h30, sábados: 10h-16h

agendamento de visitas 55 21 2590-6747

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

patrocínio master

ibm Johnson & Johnson Nova Rio conheça