Ir para o conteúdo

Por Parques do Brasil

Reserva Biolgica de Sooretama. Crédito: Luciana Alvarenga

Até o início do século XX, a região ao norte do rio Doce era de difícil acesso. Coberta por uma floresta atlântica peculiar, era chamada pelos nativos de Sooretama: a “terra dos animais da mata”. Com abertura de estradas e a construção de pontes, essa área se tornou alvo de madeireiros e logo boa parte dela foi transformada em pastos e plantações. O fragmento que restou motivou a criação de uma reserva florestal em 1941, mais tarde rebatizada como Reserva Biológica de Sooretama. Ela sozinha protege quase 28 mil hectares e junto com a Reserva Natural da Vale e outras duas RPPNs, abrange uma área contínua de aproximadamente 50 mil hectares, um dos maiores fragmentos de Mata de Tabuleiro da Costa do Descobrimento e a maior área de floresta atlântica do estado do Espírito Santo.

No primeiro bloco, apresentamos uma expedição realizada no final do período de estiagem, quando a mata se apresenta bem seca, uma característica singular desse trecho do estado. Lá encontramos a sapucaia em pleno período da floração e conhecemos várias espécies de aves, entre elas o gavião-pedrês, o furriel, o cricrió e o urubu-rei. Seguimos até a lagoa do Macuco e revelamos a muçununga, área utilizada por mamíferos como a jaguatirica e o queixada.

No segundo bloco, seguimos para outros pontos da reserva e revelamos espécies ameaçadas como a harpia, a anta e a onça-pintada. O bloco traz ainda a problemática da rodovia BR 101, que corta um trecho da reserva, provocando a morte por atropelamento de muitos animais, inclusive espécies ameaçadas. E fecha com o nosso retorno em pleno verão, quando a floresta se apresenta em toda a sua exuberância.

A série Parques do Brasil é realizada através de uma parceira entre a EBC, a Casa de Oswaldo Cruz/FIOCRUZ e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade – ICMBio.

Confira a equipe técnica.

Publicado em 29 de julho de 2021.

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento: Estamos fechados devido à pandemia. Siga-nos nas redes sociais!

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

Ternium Johnson & Johnson ibm conheça