Ir para o conteúdo

Por Rebecca Gotto

Diante de todos os congestionamentos que esses quase dois anos de pandemia causaram, aí vai uma pergunta que não quer calar: você está cuidando da sua saúde mental? Falar sobre esse assunto ainda é uma polêmica entre pessoas que não compreendem que cuidar da saúde da mente é mais que necessário. Se sua mente não estiver bem, isso pode afetar diretamente sua saúde física. Não há nada mais prazeroso do que manter as suas emoções em equilíbrio.

Sei que para muitas pessoas foi e é muito difícil manter a saúde mental equilibrada durante a pandemia devido a perdas de entes queridos. Trabalhar o recomeço faz parte de cuidar das suas emoções. Existem diversas formas de cuidado. Nesta pandemia, eu dei e estou dando uma atenção redobrada à minha saúde mental. Descobri o gosto por cuidar de plantas, me aperfeiçoei fazendo alguns cursos on-line de teatro, passei a escrever poesias e a cozinhar, passei a fazer exercícios físicos em casa e também terapia on-line gratuita na página do Instagram Terapretas - é tudo gratuito e o acolhimento é sensacional. Deem uma olhadinha na página delas. Além disso, passei a ler mais do que eu já lia e também fiquei viciada em streaming de músicas latinas. Afinal de contas, como diz o ditado, quem canta seus males espanta!

Cuidar do bem-estar físico, mental e social é algo que deve ser incluído no nosso cotidiano sempre, buscando lidar com os picos de estresse e ansiedade que corremos o risco de passar. Às vezes, alguém próximo também está passando por isso. Que tal orientar a buscar ajuda? A coletividade é algo que carregamos desde o berço.

É fato que, nesta pandemia, nossas emoções foram bombardeadas, mas seguimos resistindo. Além de tudo isso, devemos ter em mente que precisamos de boas noites de sono para acordarmos revigorados no dia seguinte, buscando interligar também com uma alimentação balanceada. Então, estamos combinados? Cuidar da nossa saúde mental é mais que um hábito e é fortalecedor. É um compromisso.

Agora, falarei um pouquinho sobre o Outubro Rosa, que nada mais é que uma campanha para alertar todas as mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para câncer de mama. Lembro que mulheres trans também precisam fazer o autoexame. Termino a coluna de hoje sugerindo que vocês leiam o poema "Sonhe", de Clarice Lispector! 

Beijinhos e até a próxima.

 

Publicado em 22 de outubro de 2021

Link para o site Invivo
link para o site do explorador mirim
link para o site brasiliana

funcionamento: Estamos fechados devido à pandemia. Siga-nos nas redes sociais!

Fiocruz, Av. Brasil, 4365 - Manguinhos, Rio de Janeiro| CEP: 21040-900

Copyright © Museu da vida | Casa de Oswaldo Cruz | Fiocruz

museudavida@fiocruz.br

Assessoria de imprensa: divulgacao@coc.fiocruz.br.

O Museu da Vida faz parte de:

abcmc astc redpop ecsite icom

Amigos do Museu da Vida: uma rede de Saúde, ciência e cultura

Ternium Johnson & Johnson ibm conheça